Monochrome World

[TRAD] Troubadour

Trovador

Vídeo:

Eu toco e canto sob esta armadura.
A batida do meu coração é uma prisioneira do amor.
As mentiras e impurezas que vêm até minha mente neste mundo
são sepultadas no entrelaçamento das palavras.

Mas, continuarei a dizer
somente dos lindos dias.
Eu quero dedicar isso a você…

A força que pode se concentrar dos meus braços
na ponta dessa brilhante espada azul,
enquanto sendo cercado por respingos de sangue,
vai certamente dar à luz a uma música.

Ergo minha voz, fazendo-a ressoar
e, prontamente tinjo este corpo de carmesim
em um palácio dourado
enquanto você estiver aqui.

Óh flores perfumadas com meus suspiros,
dancem no vento e bradem o meu nome!

Avançando e lutando pelo amor,
sou um cavalheiro iluminado pela lua.
Se eu pudesse agarrar somente uma noite eterna,
então eu mataria milhares de Sóis.

Canto minhas preces, tiro meu elmo
e solto meu cabelo amarrado.
O orvalho noturno que embebe a terra cor de açafrão,
hoje, será novamente substituído por lágrimas.

Somente este coração enlouquecedor
está sendo preenchido até a borda
com a verdade…

Refletido nas marés do antigo castelo
está a voz escarlate de um cisne que voa.
E, como uma onda que se espalha na água
seu poema é ruidosamente estrondoso.

O cavalo galopa para o norte, para o oeste.
Mesmo se seu corpo não tem um lugar para dormir,
o som de seu tropear ascende ao céu
e abraça as estrelas.

Estou caindo em um inferno dos céus?
Fecho meus olhos e penso em você…

Vagueando através de sonhos em um campo de batalha espinhoso,
sou um trovador,
que tece fios nas pontas das memórias
mesmo se elas vêm a ser renascidas sozinhas.

Eu toco e canto sob esta armadura.
A batida do meu coração é uma prisioneira do amor.
Os males e traições que preenchem essas eras
são sepultados no entrelaçamento das palavras.

Agora, se eu pudesse continuar a dizer
desta linda era para sempre…

Avançando e lutando pelo amor,
sou um guerreiro de rosas,
dispersando nesses momentos finais,
tenho a esperança de que de alguma forma
as pétalas do meu sangue alcancem os seus dedos.

Canto minhas preces, tiro meu elmo
e solto meu cabelo amarrado.
O orvalho noturno que embebe a terra cor de açafrão,
hoje, será novamente substituído por lágrimas.

Somente este coração enlouquecedor
está sendo preenchido até a borda
com a verdade…

Tr. JAP|ENG: Lyrics Wikia
Tr. ENG|JAP|POR: nishimorineji @ monochrome world
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s